domingo, 27 de setembro de 2009

Publicar em Psicologia - disponibilização de livro


Vários autores colaboraram para a confecção do livro Publicar em Psicologia, que tem o objetivo de auxiliar estudantes, autores, editores e demais interessados na publicação científica em Psicologia. Estou falando desse livro aqui no blog porque os autores fizeram um blog sobre o livro, e disponilizaram o livro inteiro para download!!

Ainda não tive a oportunidade de lê-lo, mas o farei assim que possível. Pelo gabarito dos autores, com certeza é uma boa publicação.

Muitos bons pesquisadores, seja da graduação, pós-graduação e até mesmo pessoas mais experientes e há mais tempo na área científica às vezes têm dificuldades para publicar. Para os mais experientes, a maior dificuldade costuma ser ter o artigo aceito para publicação, porque muitos são recusados. Para os mais novos, a dificuldade pode ser: como escrever? como organizar meu texto? em que língua escrever? em que revista publicar?

Fora que há questões mais específicas sobre a área da psicologia, e penso que o libro também teve esse intuito. Há, no mercado, muitos manuais de ajuda em escrita científica, mas é difícil encontrar algum voltado para a psicologia, que tem suas características específicas. É comum os manuais citarem exemplos da área da física, química e biologia, falando menos das Ciências Humanas. Além disso, a psicologia está num campo de intersecção entre vários campos de conhecimento, envolvendo as humanas, as biológicas e as exatas.

Enfim, gostaria de parabenizar os autores e organizadores pela iniciativa de disponibilizar o livro inteiro para download gratuito, além de criarem um blog para a discussão e trocas de ideias. Boas iniciativas como essa merecem divulgação.

4 comentários:

Guilherme Huyer disse...

Interessante esse livro. Vou tentar achar tempo para lê-lo.
Nem sei se é essa a proposta dos autores, mas o que considero o grande problema nas publicações de natureza científica é o formato da publicação. Digo, o problema de fato da divulgação cintífica propriamente dita. Por exemplo, artigos científicos são leitura chata até para cientístas. Deve-se achar um modo de escrever e publicar entre o técnico e o coloquial. Caso contrário continuará difícil a divulgação da ciência.

Eduardo Benkendorf disse...

Muito bom!!


uma iniciativa como essa merece mesmo ser repassada..vou repassá-lo aos meus colegas da graduação e pós..

obrigado por nos repassar!!
beijo!

Eduardo Benkendorf disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Isabella Bertelli disse...

Guilherme, realmente há artigos com uma escrita difícil e chata. Por outro lado, na minha opinião cada vez mais os autores estão se conscientizando de que precisam conquistar o leitor, e melhorando nesse e em outros aspectos. A produção de artigos cresce a cada dia, já não se pode acompanhar uma área totalmente, tamanho o volume de produção. Por isso, a importância de se cativar o leitor está realmente aumentando, acredito eu...